Hermó

Espaço de reflexão Hermógenes de Castro & Mello

Deutsch Version hermo@hermo.com.br

Artigo nº 964 - 05/11/2018

Presidente, uma palavrinha...

-"Presidente, uma palavrinha..."

- "Fala comandante!"

- "Na verdade não sou comandante, fiz apenas CPOR da Força Aérea, mas vamos lá: essas tiradas meio abrutalhadas contra ´marginais vermelhos´ e ´comunistas bandidos´, de ´limpar os quadros´, etc. etc. está nos criando um problema com nosso comprador de commodities nr. 1, a China."

- "Como assim? Desembucha, cacête!"

- "Bem, eles são oficialmente um país comunista, de partido único, sem eleições, com censura oficial, mantém relações com a Coréia do Norte, Cuba e Venezuela. Então seria de bom tom a gente dar uma segurada nos ataques genéricos a comunistas, que o senhor sabe nem existem direito por aqui, é meio tema de campanha, imagem criada."

- "Hm, sei. Senão os vermelhos no duro, de lá, não compram nossa soja, milho, frango, porco, minério, não?"

- "Isso capitão, digo, presidente, isso mesmo. E são valores robustos. Já tem gente do agronegócio pedindo dar uma segurada, pois os vermelhos de lá, os de verdade, bem, eles podem comprar esses troços em outro canto. E ainda segurar vendas para cá de coisas que até os fascistas, digo, os nossos apoiadores usam, como I-Phone, tevês, autopeças, carros, máquinas, instrumentos e aparelhos médicos, roupas, uniformes, adubos e fertilizantes, pescado, etc. etc..."

- "Certo, vou segurar. I-Phone é feito nos vermelhos lá, é? Pensei que era americano... hm, e chamar de petralha, pode?"

- "Pode capitão, digo, presidente!"

O futuro presidente gosta de pequenas "colas" para lembrar dos temas que deve abordar.

Comentários

(envie um comentário)

Seja o primeiro a comentar este artigo.