Hermó

Espaço de reflexão Hermógenes de Castro & Mello

Deutsch Version hermo@hermo.com.br

Artigo nº 958 - 26/09/2018

Tempos de votar...

Desde 1974 eu tenho anulado o voto, por uma razão simples: obrigar a votar é primitivo chauvinismo político. Sou contra. Em todas as constituintes recentes do Brasil era tema não discutido.

Tanto esquerda, quanto direita, não querem quaisquer óbices aos candidatos: além de convencer a votar em si, ainda convencer ir votar, ora..

Na verdade, somente 17 países no planeta tem sufrágio compulsório, mas desses a maioria não é com voto coercitivo ou seja: se não votar, não há sanções.

Por aqui é determinante para obtenção de documentos não relacionados, empregos públicos, obter passaportes, etc. etc. Simples chantagem burocrática.

E somos a maior nação com voto coercitivo, tristemente ao lado de Bolívia e Uruguai.

Nos prendemos à temática "se não for obrigatório, ninguém vai".

Talvez.

Mas ainda assim, quase 37% dos brasileiros não vão mesmo, anulam ou teclam "branco".

Todavia a temática é outra: não mudamos nada que possa de alguma forma incomodar ou "prejudicar" grupos com representação. Isso é bloqueado, nem plebiscitos são permitidos ou lançados por políticos para alterar.

Já imaginaram uma consulta que reuniria votar-se pelo fim das inúteis "Hora do Brasil", da "TV Brasil", do exame médico para motoristas, da validade da carta de motoristas e da obrigação de ir votar?

Nem pensar, pois os dois primeiros são quase 600 milhões de reais de verbas, sendo a maioria gastos com salários e pensões de jornalistas chapa-branca.

Quanto ao exame médico, aquele que o cara mal olha para você e morre-se com 70 paus ou mais, menos ainda eliminar, são milhões de vezes que despejam 70 reais nas contas desses sujeitos.

E a obrigação de ir votar: já pensaram usar a muito segura tecnologia "blockchain" e um aplicativo para votar? Super-simples.

Imagine-se porém quantos funcionários do TRE, TSE e demais não seriam mais necessários, com suas máquinas de votar primitivas, logística caríssima para organizar em apenas dois dias ao ano as eleições, requisitando espaços e transportando as máquinas inúteis?

Você pode sacar e depositar dinheiro, transferir, comprar com Internet, mas não pode votar usando a mesma estrutura?

Enfim, lobbies são tudo. Agüente portanto. E procure criar o seu...

Instalada na ditadura de Getúlio, a Hora do Brasil, permanece hoje como Voz do Brasil, compulsória. Garantindo empregos de jornalistas chapa-branca.

Comentários

(envie um comentário)

Beate Christine Boltz - 26/09/2018 (17:09)