Hermó

Espaço de reflexão Hermógenes de Castro & Mello

Deutsch Version hermo@hermo.com.br

Artigo nº 1033 - 07/07/2021

Impeachment pragmático por que não?

Remover o atual presidente pela metodologia tradicional e correta, através do Congresso, certamente é a melhor opção.

Já foi feito duas vezes desde o fim da ditadura, sem maiores problemas. Um era caso bem justo, pois (continua) doido e a outra despreparada para o cargo, sem saber jogar o jogo político.

Vejamos de forma pragmática : o atual é incompetente, abusivo, autoritário e péssimo diplomata. Suas agressões estúpidas ao melhor cliente do agronegócio e mineração de um primarismo completo. Além de fraco nas escolhas para cargos e ministérios, preferindo os "puxa-saco" cabos eleitoreiros.

O país não vai bem com ele, lerdo nas privatizações onde necessárias, nos programas sociais com empregos e principalmente no combate à pandemia Covid-19, que deveria ser sua grande prioridade. Com a corrupção à solta, apesar de negar, basta ver o que fizeram e fazem no Ministério da Saúde em pleno caos sanitário.

É encrenqueiro chato e constrangedor, a agradar uma parcela pequena de seguidores quase fanáticos. Entre eles muitos aproveitadores, a mudarem de camisa quando surgir alguém que pague mais ou atravesse seus interesses.

Com o vice empossado teríamos um sujeito mais afável, não autoritário apesar de militar, versado e preparado. Um diplomata natural, basta ver como "defende" o chefe sem o fazer de fato. Certamente teria melhor mobilidade e diálogo com o corruptíssimo Centrão, pagando menos pelo apoio com manobras mais inteligentes que o atual. E sem filhos imiscuindo-se.

Homem da reserva militar, de instituição que a população estranhamente ainda confia. Mas tudo bem. Somos assim.

E general de currículo, melhor que capitão forçado a se desligar por insubordinação.

Nós não conseguimos nos livrar desta espada de Dâmocles que já derrubou um imperador e presidentes, o tal braço armado da nação. Envolvido em tudo, de ministérios civis à controlar o espaço aéreo, garantido pensões perpétuas às filhas solteiras, caso morram.

De capitão a general, pouco a fazer.

São homens armados. Isto infelizmente no planeta é determinante. Algo tribal.

Basta verificar que a maior economia do planeta também é a mais armada; e mais gasta com isto...

Um impeachment necessário para termos melhor dirigente.

Comentários

(envie um comentário)

Seja o primeiro a comentar este artigo.